5 Mentiras Que Você Pode Falar Para o Seu Parceiro

0
146
5 Mentiras Que Você Pode Falar Para o Seu Parceiro

As palavras cortam como facas e é fácil prejudicar o seu relacionamento com as feridas verbais de uma língua verdadeira.

Considere se o que você pretende dizer ou fazer irá ser útil e construtivo para a outra pessoa e o relacionamento. Se não, essas frases podem ajudar a manter a paz.

1. “Você está certo” para terminar uma briga

Às vezes, a melhor coisa a se fazer é manter alguns argumentos guardados para si mesma, mesmo se não concordar com o seu parceiro. Abaixar a nossa defesa no calor da briga pode parecer um absurdo, mas na verdade é muito eficaz.

2. Você está ótimo

Esta é a resposta correta para quando ele perguntar se uma roupa caiu bem, ou se o novo corte de cabelo está bonito. Se a resposta não for essa, provavelmente você vai machucá-lo. Parar e ficar pensando ou dizer cada coisinha que aparecer na sua cabeça, pode ser muito prejudicial para um relacionamento.

3. “Eu te amo mais que qualquer coisa” e não é verdade

Em um recente estudo realizado pela Universidade DePaul em Chicago nos Estados Unidos pelo pesquisador Sean Horan, foi examinado este tipo de mentira, conhecido como “afeto enganoso”, e descobriram que os participantes realizaram atos afetuosos falsos em média 3 vezes por semana. Enquanto os sentimentos verdadeiros estão lá, firme e forte. Afeto enganoso pode realmente ajudar a manter um relacionamento.

4. “Eu estou bem” como proteção

Há momentos em que seu parceiro realmente quer saber o que está acontecendo, o que está errado. Mas às vezes ele só quer um pouco de tranquilidade. Os especialistas chamam este tipo de mentirinha como um “escudo de proteção”, um método destinado a proteger o seu parceiro do estresse que ele não pode fazer nada a respeito.

5. “Eu entendo” para demonstrar cuidado

Mesmo se você não entende realmente tudo, é importante mostrar que consegue se conectar com o seu parceiro, seus sentimentos, o que acontece com ele. Empatia – a capacidade de reconhecer e compartilhar os sentimentos da outra pessoa – é a parte mais importante de qualquer relacionamento.